Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

« Novembro 2014 »
Novembro
SeTeQuQuSeSaDo
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Caixa Econômica Federal

banner-CGU-acesso-a-informacao.jpg

banner-CGU-acesso-a-informacao.jpg

 
» Página Inicial Notícias 2011 02 ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA MENOR APRENDIZ LIFAL 2011
08/02/2011 - 10h40m

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA MENOR APRENDIZ LIFAL 2011

CONFIRA O EDITAL.

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA MENOR APRENDIZ LIFAL 2011

LABORATÓRIO INDUSTRIAL FARMACÊUTICO DE ALAGOAS

EDITAL DE SELEÇÃO PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

clique aqui para baixar o  edital em pdf

O Laboratório Industrial Farmacêutico de Alagoas S.A. - LIFAL, CNPJ nº 12.343.158/0001-43, com base na lei nº 10.097/2000 e no decreto 5.598/2005, torna pública a realização de processo seletivo, por meio da JÁ Consultoria Organizacional e Eventos Ltda – CNPJ 07.849.186/0001-05, visando o preenchimento de vagas para a contratação de aprendizes.

 

                INSTRUÇÕES ESPECIAIS

 

I.      DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

 

1. O processo seletivo realizar-se-á sob a responsabilidade da JÁ Consultoria Organizacional e Eventos Ltda – CNPJ 07.849.186/0001-05, obedecidas às normas deste Edital.

 

2. Considera-se aprendiz o jovem contratado diretamente pelo empregador ou por intermédio de entidades sem fins lucrativos, em conformidade com o disposto no Decreto n° 5.598/2005, para efeito de cumprimento da cota a que se refere o art. 429 da CLT.

 

3. Os candidatos habilitados em todas as etapas da seleção serão convocados em função das vagas existentes para cumprimento da cota a que se refere o art. 429 da CLT, observando-se o item I.5 deste Edital e obedecendo à ordem de classificação, a assinar Contrato de Aprendizagem com LIFAL, regido pelos preceitos da CLT e amparado na Lei n° 10.097/2000, no Decreto n° 5.598/2005, sujeitando-se às normas internas vigentes na Empresa.

 

4. Além da remuneração, que será o salário mínimo hora, o LIFAL oferece vale-transporte para o deslocamento residência/atividades teóricas e práticas.

 

5. O número total de vagas inicialmente oferecidas será distribuído conforme tabela abaixo:

 

Curso

Município

Número de vagas

Auxiliar Administrativo

Maceió

03

Tecnologia da Informação

Maceió

01

                      

6. A jornada de aprendizagem será de 20 (vinte) horas semanais, distribuídas em 04 (quatro) horas diárias, a serem cumpridas de segunda-feira à sexta-feira pelo horário da manhã.

 

7. O Contrato de Aprendizagem extinguir-se-á quando do cumprimento da carga horária (conforme Item II deste Edital) do curso profissionalizante escolhido pelo candidato ou quando este completar 24 (vinte quatro) anos, não podendo ultrapassar 02 (dois) anos consecutivos de contratação.

 

7.1 O limite etário fixado no item anterior não se aplica aos aprendizes portadores de deficiência.

 

7.2 São causas de rescisão antecipada do Contrato de Aprendizagem:

 

a) Desempenho insuficiente ou inadaptação do aprendiz;

 

b) Falta disciplinar grave, caracterizada por quaisquer das hipóteses descritas no art. 482 da CLT;

 

c) Ausência injustificada à escola que implique perda do ano letivo, caracterizada por meio de declaração da Instituição de Ensino;

 

d) A pedido do aprendiz.

 

8. O cumprimento do horário no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Departamento Regional de Alagoas – SENAI/AL, será pela manhã das 07:30 às 11:30 horas e no LIFAL, pela manhã (das 08:00 às 12:00).

 

II. DOS CURSOS PROFISSIONALIZANTES

 

1. CURSOS

 

1.1 AUXILIAR ADMINISTRATIVO

 

1.1.1 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: Exercer atividades na área administrativa, prestando apoio e suporte nas atividades administrativas, financeiras, comerciais e de recursos humanos. Apoio logístico nos ambientes de trabalho. Organizar e executar as rotinas administrativas. Controlar a movimentação de documentos.

               

1.1.2 CARGA HORÁRIA: 1.800 horas, sendo ministradas 900 horas no SENAI e 900 horas no LIFAL.

 

1.2. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

 

1.2.1 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: Operar sistemas de computadores, microcomputadores, monitorando o desempenho dos aplicativos, recursos de entrada e saída de dados, recursos de armazenamento de dados, consumo da unidade central de processamento (CPU), recursos de rede e disponibilidade dos aplicativos. Assegurar o funcionamento do hardware e do Software. Garantir a segurança das informações, por meio de cópias de segurança e armazenando-as em local prescrito, verificando acesso lógico de usuário e destruindo informações sigilosas descartadas. Atender clientes e usuários, orientando-os na utilização de hardware e software. Inspecionar o ambiente físico para segurança no trabalho, a rotina de serviços e realizar a entrada e transmissão de dados, operando impressoras e microcomputadores. Registrar e transcrever informações. Atender necessidades do cliente interno e externo. Realizar programação visual gráfico e editora de textos e imagens, operando processos de tratamento de imagem. Realizar manutenções preventiva e corretiva em microcomputadores.

 

1.2.2 CARGA HORÁRIA: 1.800 horas, sendo ministradas 900 horas no SENAI e 900 horas no LIFAL.

 

III. DO PROCESSO SELETIVO

               

1. O não pronunciamento do candidato nos prazos estabelecidos, a não observância das regras do presente Edital ou a não aceitação da inscrição resultará na sua eliminação desta seleção.

 

2. Os candidatos interessados em participar do processo seletivo deverão enviar o seu currículo para o e-mail contato@jaconsultoria.com no dia 08 de fevereiro de 2011, no horário de 8h às 18h, considerando-se o horário oficial de Alagoas.

               

3. Fica vetado a contratação de candidato com participação em programas anteriores de aprendizagem ou outra(s) modalidade(s) que gerem vínculos empregatícios.

 

4. Também não poderão ser contratados aqueles candidatos em que se constatar outro vínculo empregatício anterior à contratação.

 

5. Para participar do processo seletivo, o candidato deverá ter nacionalidade brasileira, bem como,               comprovar, no ato da inscrição, ter idade entre 14 (quatorze) e 18 (dezoito) anos e 0 (zero) mês.

               

6. No ato da contratação o candidato deverá comprovar escolaridade entre o 7º ano do Ensino Fundamental concluído (antiga 6ª série) e o 9º ano do Ensino Fundamental em curso (antiga 8ª série).

 

7. O candidato que necessitar de atendimento especial, deverá requerer por escrito, especificando o tipo de necessidade e anexar justificativa médica, que comprove o tipo de condição especial e ateste que o candidato apresenta condições físicas especiais para realizar a Prova de seleção. Tal requerimento deverá ser feito no período de envio dos currículos. O candidato que não o fizer no prazo estabelecido neste Edital seja qual for o motivo alegado, poderá não ter a condição atendida. A não apresentação desse requerimento scaneado e enviado junto ao currículo do candidato desobriga a JÁ Consultoria Organizacional e Eventos Ltda do atendimento especial.

 

8. A participação do candidato no processo seletivo implicará no conhecimento e na tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, das quais não poderá alegar desconhecimento.

 

9. O LIFAL e a JÁ Consultoria Organizacional e Eventos, eximem-se das despesas com viagens e estada dos candidatos para participar do processo seletivo.

 

IV. DOS CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA

 

1. Os candidatos com deficiência que pretendam fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas no inciso VIII do artigo 37 da Constituição Federal e na Lei nº 7.853/89 são assegurados o direito participação em cursos de aprendizagem, cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência apresentada.

 

2. Não constitui impedimento ao exercício das atribuições pertinentes ao curso a utilização de material tecnológico de uso habitual.

 

3. Consideram-se pessoas com deficiência aquelas que se enquadram nas categorias discriminadas no art. 4º do Decreto nº 3.298/99.

 

4. As pessoas com deficiência, resguardadas as condições especiais previstas no Decreto Federal nº 3.298/99, particularmente em seu art. 40, participarão do processo seletivo em igualdade de condições com os demais candidatos.

               

5. O candidato deverá declarar, quando enviar seu currículo, ser deficiente, especificando o tipo de deficiência, devendo apresentar, quando solicitado, a JÁ Consultoria Organizacional e Eventos Ltda, os documentos a seguir:

 

a) Laudo Médico original, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças – CID, bem como a provável causa da deficiência, inclusive para assegurar previsão de adaptação da sua Prova, informando, também, o seu nome, documento de identidade (RG), número do CPF e opção do Curso de Aprendizagem.

 

b) o candidato com visão subnormal, além do envio da documentação indicada na letra “a” deste item, deverá mencionar no currículo a necessidade da confecção de Prova especial ampliada tamanho de letra correspondente a corpo 24.

 

5.1 Os candidatos que, dentro do prazo do período das inscrições, não atenderem os dispositivos mencionados no:

– Item IV.5.a – Serão considerados como pessoas não deficientes.

– Item IV.5.b – Não terão a Prova especial preparada, seja qual for o motivo alegado.

 

6. O candidato com deficiência que não realizar a inscrição conforme instruções constantes neste Edital, não poderá impetrar Recurso em favor de sua situação.

 

7. A publicação do resultado final do Processo Seletivo de Aprendizagem será feita no dia 11 de fevereiro de 2011.

 

8. O candidato que for deficiente físico, tendo sido aprovado no processo seletivo, quando convocado, submeter-se à perícia médica realizada por junta, que terá decisão terminativa sobre a qualificação do candidato como deficiente ou não, bem como, o grau de deficiência capacitante para o exercício do curso de aprendizagem.

 

8.1 A análise dos aspectos relativos ao potencial de trabalho do candidato com deficiência obedecerá ao disposto nos Artigos 43 e 44 do Decreto nº 3.298/99.

 

8.2 Será eliminado da lista de deficientes o candidato cuja deficiência assinalada, não se constate, devendo o mesmo constar apenas na lista de classificação geral.

 

V – DAS FASES DO PROCESSO SELETIVO

 

1. A Seleção será realizada através de quatro etapas, consistentes em análise curricular, redação, teste psicotécnico e entrevista, todas com caráter eliminatório e classificatório.

 

VI - DA REALIZAÇÃO DA PROVA DE REDAÇÃO

               

1. A seleção será realizada em Maceió, no dia 09 de fevereiro de 2011, das 8h às 12h, considerando-se o horário do Estado de Alagoas, no seguinte local:

               

·  CEPA – Centro Educacional de Pesquisas Aplicada (Antigo CEAGB) – Av. Fernandes Lima – Farol. Maceió/Alagoas, Colégio Maria José Loureiro.

 

2. O candidato selecionado para a prova de redação deverá comparecer ao local designado munido de caneta esferográfica de tinta indelével preta ou azul, de documento oficial de identidade (RG ou Carteira de Trabalho). Será exigida a apresentação do documento original, não sendo aceitas fotocópias, ainda que autenticadas.

 

3. Os portões serão abertos às 7h15 e fechados, impreterivelmente, às 8h.

 

4. O candidato que não apresentar documento oficial de identidade, conforme o Item VI.2 do presente Edital, não participará do processo seletivo, sendo automaticamente eliminado do certame.

 

5. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar documento oficial de identidade, por motivo de perda, roubo ou furto deste, deverá ser apresentado documento que comprove o registro do fato em órgão policial.

 

6. Não haverá, sob pretexto algum, segunda chamada para o certame. O não comparecimento, qualquer que seja a alegação, acarretará a eliminação automática do candidato.

 

7. Não será permitido ao candidato entrar no local de realização da Seleção após o horário previsto para o fechamento dos portões.

 

8. O candidato somente receberá a Prova de redação após ter assinado a lista de presença.

 

9. O candidato deverá conferir as informações contidas no material recebido e, caso identifique algum erro, este deverá ser informado ao fiscal.

 

10. Após ser identificado, nenhum candidato poderá retirar-se do local de realização da Prova, sem autorização e acompanhamento dos fiscais.

 

11. Ao terminar a Prova de redação, o candidato entregará, obrigatoriamente, ao fiscal de sala a prova.

 

12. Será eliminado desta seleção o candidato que:

 

a) Chegar ao local da Seleção após o fechamento dos portões;

 

b) Durante a realização da Prova, for surpreendido em comunicação com outro candidato ou pessoa não autorizada;

 

c) Utilizar-se de livros, códigos, impressos, máquinas calculadoras e similares, pagers, relógio, telefones celulares ou quaisquer tipos de aparelho eletroeletrônico, ou ainda, qualquer tipo       de consulta durante o período de realização de sua Prova ou nas dependências do seu local de Prova;

 

d) Fizer, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata;

 

e) Desrespeitar membro da equipe de fiscalização, assim como, proceder de forma a perturbar a ordem e a tranqüilidade necessária à realização da Prova;

 

f) Descumprir qualquer das instruções contidas na capa da Prova;

 

g) Não realizar a Prova ou ausentar-se do local de realização sem justificativa ou sem autorização, após ter assinado a lista de presença;

 

h) Deixar de devolver a Prova e/ou assinar a lista de presença;

               

i) Não atender às determinações do presente Edital.

 

13. O LIFAL e a JÁ Consultoria Organizacional e Eventos Ltda não se responsabilizam por perda ou extravio de documentos e/ou objetos ocorridos no local de realização da Prova, nem por danos neles causados.

 

14. Quando, após a Prova, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter o candidato utilizado processos ilícitos, sua Prova será anulada e ele será automaticamente eliminado da Seleção.

 

15. A candidata que tiver necessidade de amamentar, durante a realização da Prova, deverá levar um acompanhante que ficará em sala reservada e que será responsável pela guarda da criança.

 

16. Não haverá compensação do tempo de amamentação ao tempo de Prova da candidata.

 

17. Em hipótese nenhuma será realizada qualquer Prova fora dos locais e horários determinados.

 

18. Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação da Prova em virtude de afastamento do candidato do local da Seleção.

 

19. Por razões de ordem técnica, de segurança e de direitos autorais adquiridos, não serão fornecidos exemplares da prova de redação aplicada a candidatos ou a instituições de direito público ou privado, mesmo após o encerramento do Processo Seletivo, velando, desde o início do procedimento, pelo sigilo absoluto do certame.

 

VII - DA CLASSIFICAÇÃO DOS CANDIDATOS

 

1. Estará apto a ser classificado o candidato que for selecionado na análise prévia, obter pontuação igual ou superior a 5,0 (cinco) pontos na prova de redação, for considerado apto no teste psicotécnico e entrevista.

 

2. Só serão considerados classificados no presente processo seletivo os 40 (quarenta) primeiros colocados por ordem decrescente de pontuação final (nota), conforme item VII.4, respeitando-se a lista específica de pessoas com deficiência.

 

2.1 Todos aqueles que não preencherem o requisito do item VII não obterão qualquer classificação no processo seletivo e serão considerados eliminados, independentemente da pontuação final (nota) que alcançaram.

 

2.2 Os candidatos considerados aprovados serão ordenados e classificados em função da ordem decrescente da pontuação final (nota), respeitando o que trata o item VII do presente Edital.

 

3. Em caso de igualdade na pontuação final (nota), para fins de classificação, será obedecido o seguinte critério de desempate, na ordem abaixo:

 

1º Ser aluno de escola pública;

 

2º Maior nota na redação

 

3º Idade maior.

 

VIII - DOS RECURSOS

 

1. Admitir-se-á Recurso, devidamente fundamentado, informando as razões pelas quais discorda do resultado.

               

2. O prazo para interposição de Recurso será de 1 (um) dia útil após a divulgação resultado do processo seletivo.

 

3. Admitir-se-á um único Recurso por candidato, para cada evento referido no item VIII.1, devidamente fundamentado, sendo desconsiderado Recurso de igual teor.

 

4. O acesso à Prova de redação para a elaboração dos Recursos dar-se-á exclusivamente na JÁ Consultoria Organizacional e Eventos Ltda, situada a Rua Deputado José Lages, nº 972, 1º andar, sala 05, no horário das 14h às 18h.

                                              

4.1 Os Recursos deverão ser entregues no local acima, em envelope identificado, contendo o nome e número de RG do candidato.

 

5. O Recurso interposto fora do respectivo prazo não será aceito. Da mesma forma, não serão aceitos os Recursos interpostos destinados a evento diverso dos mencionados no item VIII.1.

 

6. Os candidatos deverão enviar o Recurso em duas vias (original e cópia), identificada conforme modelo a seguir:

 

Modelo de Identificação de Recurso

 

Processo Seletivo do Programa Jovem Aprendiz: Laboratório Industrial Farmacêutico de Alagoas S.A. - LIFAL

Candidato: _______________________________________________________________________

Nº do Documento de Identidade: ________________________________________________________

Curso: ________________________________________________________________________

Fundamentação e argumentação lógica:

_________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________

Data: ______/_______/______

Assinatura:_______________________________________

 

7. Não serão aceitos Recursos interpostos por fac-símile (fax), telex, internet, telegrama    ou outro meio que não seja o especificado neste Edital.

 

8. A Banca Examinadora constitui última instância para Recurso, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão Recursos adicionais.

 

9. Os Recursos interpostos em desacordo com as especificações contidas no item VIII não serão avaliados.

 

10. As decisões dos Recursos serão dadas a conhecer, coletivamente, e apenas quanto aos pedidos que forem deferidos.

               

IX - REQUISITOS PARA CONTRATAÇÃO

 

1. O candidato deverá atender, cumulativamente, aos seguintes requisitos para ser contratado:

 

a) ter sido aprovado e classificado no Processo Seletivo, na forma estabelecida neste Edital e em suas retificações;

 

b) ter nacionalidade brasileira;

 

c) ter idade entre 14 (quatorze) e 18 (dezoito) anos e 0 (zero) meses no momento na sua contratação;

 

d) ser considerado APTO em todos os exames médicos pré-admissionais a serem realizados pelo LIFAL, os quais serão custeados pela Empresa.

 

X - DA CONTRATAÇÃO

 

1. Os candidatos classificados, de acordo com as regras previstas neste Edital, obedecendo à estrita ordem de classificação, serão convocados de acordo com as vagas que surgirem durante a validade do processo seletivo.

 

1.1. Após ser convocado, não havendo o comparecimento no prazo previsto na Convocação, o candidato será excluído definitivamente do certame, não havendo possibilidade de uma nova chamada.

 

1.2. É de responsabilidade do candidato manter seu endereço e telefone atualizados para viabilizar os contatos necessários, sob pena de, quando for convocado, perder o prazo para a admissão, caso não seja localizado.

 

1.2.1 O candidato aprovado deverá manter seu endereço atualizado até que se expire o prazo de validade da Seleção.

 

1.2.2 O LIFAL e a JÁ Consultoria Organizacional e Eventos Ltda. não se responsabilizam por eventuais prejuízos ao candidato decorrentes de:

 

a) Endereço não atualizado;

               

b) Endereço de difícil acesso;

               

c) Correspondência devolvida pela ECT por razões diversas de fornecimento e/ou errado do candidato;

               

d) Correspondência recebida por terceiros.

 

2. A aprovação e classificação final nesta seleção não asseguram ao candidato o direito de ingresso automático na vaga de aprendiz, mas apenas a expectativa de ser nele admitido segundo a rigorosa ordem classificatória, respeitando o prazo de validade do certame.

 

3. A contratação fica condicionada à aprovação em exames médicos pré-admissionais, deste Edital e ao atendimento às condições constitucionais e legais.

 

4. Os convocados assinarão Contrato de Aprendizagem individual com o LIFAL de acordo com a classificação obtida e a necessidade da Empresa, o qual será regido pelos preceitos da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT.

 

5. O LIFAL reserva-se o direito de proceder às contratações, em número que atenda às necessidades da Empresa, de acordo com as vagas                 que foram criadas no prazo de validade deste processo seletivo.

 

6. No momento da contratação, o candidato classificado deverá apresentar os seguintes documentos:

 

a) Carteira de Trabalho e Previdência Social original;

 

b) Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento (original e cópia);

 

c) Título de Eleitor com votação atualizada (original e cópia), quando for o caso;

 

d) Certificado de Reservista ou Dispensa de Incorporação, se do sexo masculino (original e cópia), quando for o caso;

 

e) Carteira de Identidade (original e cópia);

 

f) 04 (quatro) fotos 3 X 4;

 

g) Cartão de Identificação de Contribuinte - CIC/CPF (original e cópia);

 

h) Certidão de Nascimento dos filhos menores de 14 anos (original e cópia), quando for o caso;

 

i) Atestado de vacinação obrigatória para os filhos menores de 14 anos (original e cópia), quando for o caso; e

 

j) Comprovação da Escolaridade exigida.

 

7. A não apresentação dos documentos comprobatórios fixados no item X.6, dentro do prazo estipulado na Convocação, implicará na não contratação do candidato para as vagas oferecidas para o presente Concurso.

 

8. Estará automaticamente eliminado o candidato convocado que não comparecer, para assinatura do Contrato de Aprendizagem.

 

XI - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

 

1. Serão publicados no Diário Oficial do Estado apenas os resultados dos candidatos que lograrem classificação no certame.

 

2. Todas as informações relativas à contratação, após a publicação do resultado final, deverão ser obtidas no LIFAL.

 

3. O SENAI emitirá, ao término do Contrato de Aprendizagem, certificado de conclusão, descriminando o curso oferecido, com a respectiva carga horária e desempenho obtido pelo aprendiz.

 

4. O prazo de validade do presente processo seletivo é de 1 (um) ano, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração do LIFAL.

 

5. Não haverá justificativa para o não-cumprimento dos prazos determinados, nem serão aceitos documentos após as datas estabelecidas.

 

6. Os casos em que houver omissão ou forem duvidosos serão resolvidos pela JÁ Consultoria Organizacional e Eventos Ltda e pelo LIFAL no que a cada um couber.

 

7. A qualquer tempo poder-se-á tornar sem efeito a admissão do candidato, desde que verificadas falsidades ou inexatidões de declarações ou irregularidades na Prova ou nos documentos.

 

8. O LIFAL e a JÁ Consultoria Organizacional e Eventos Ltda, não se responsabilizam por quaisquer cursos, textos, apostilas e outras publicações referentes a este processo seletivo.

 

9. Os itens do Edital poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito.

 

 

 

KEYLLE ANDRÉ BIDA DE LIMA

Diretor Presidente do LIFAL

 

 

 

 

Ações do documento